VIVEIRO DA CAMP REGISTRA GRANDE PROCURA POR MUDAS FRUTÍFERAS

O Viveiro de Mudas da Cooperativa Agrícola Mista Prudentópolis já está registrando intensa movimentação na área de comercialização de mudas frutíferas, exóticas e ornamentais para a estação fria do no que se iniciou com intensidade no último período, onde nossa região entrou no período do ano ideal para o plantio. Diante disso,  já havia recebido um carregamento com aproximadamente dez mil mudas de frutíferas, exóticas e ornamentais, oriundas de viveiros credenciados pela defesa sanitária, especializados na produção de mudas, para suprir a grande procura. Principalmente os citros têm registrado uma busca maior por parte dos clientes, que reservam sua preferência para esse tipo de frutífera para plantio em fundo de quintal ou em propriedades rurais, tanto em pequena como em grande escala, com formação de pomares caseiros ou comerciais. Para tanto, o viveiro vem dispondo de grande variedade de mudas desse tipo, os quais mais se adaptam ao clima regional, bem como novas cultivares que surgem no mercado, oferecendo ainda mais alternativas de plantio. Nos últimos dias, está se registrando uma grande procura por parte dos clientes no Viveiro da CAMP, que buscam frutíferas e outras plantas disponíveis para realizar o cultivo nesta época adequada do ano.  Instalado com acesso junto ao portão da Avenida São João, sua estrutura em forma de estufa,  possui amplo espaço, conforto e comodidade aos clientes que buscam adquirir variedades para pomar de fundo de quintal ou em escala comercial. Estão disponíveis mais de dez mil mudas de plantas que se adaptam ao clima da região, de variedades frutíferas cítricas e brancas, além de ornamentais e exóticas. Também está montada uma seção com vasta linha de produtos cerâmicos artesanais, reunindo vasos em formas de bolas, tortos, bacias, jarros, bujão, cachepot, cilindros, coloniais, pandora, além de comedouros para pássaros, também em estilo colonial e em cerâmica, para jardins, vasos em fibra e resina, além das atrativas fontes de água. Outra opção que atende à grande demanda dos clientes, é a venda de ureia e adubos em pequenas embalagens práticas, substrato para plantio, sementes de verduras, bulbos de palma e outros itens do gênero. Em meados de julho e agosto é a época mais propícia para o plantio de mudas na região Sul do Brasil.   ÉPOCA IDEAL DE PLANTIO NA REGIÃO Para quem deseja fazer a implantação de um pomar caseiro ou de escala comercial, a época fria é ideal para o plantio no campo, haja vista que no período de inverno, as plantas se encontram em dormência devido ao frio que se registra, principalmente em nossa região onde a estação é rigorosa. Assim, em casos de geadas intensas, não há riscos de perdas da planta ou interrupção de seu crescimento. A partir de meados de setembro, quando se inicia a primavera e a estação quente, as plantas emitem a brotação e começam a fase vegetativa com intensidade. A probabilidade de sobrevivência das mudas é bem maior e vigorosa. Segundo o Departamento de Assistência Técnica da cooperativa, para se fazer esse procedimento há de se tomar alguns cuidados básicos na preparação das covas. Como nossos solos são bastante diferenciados e de texturas alternadas, inclusive de profundidade, é necessário tomar alguns cuidados básicos. Na maioria das plantas frutíferas ou ornamentais, há de se abrir uma cova de 40x40x40 centímetros, ou até 60 centímetros, dependendo da variedade e tipo de solo, retirando-se os primeiros 20 centímetros e reservando de um lado. Os 20 centímetros restantes devem ser retirados e colocados de outro lado. A camada inferior, onde está o subsolo, que é mais pobre em nutrientes,  deve ser acrescida de 500 gramas de calcário e colocada novamente. A camada inicial, que é o solo fértil, deve ser acrescida com uma quantidade em torno de 5 a 10 quilos de esterco curtido e devolvido à cova, cobrindo-a novamente. Após isso, retira-se o jacá da muda, fazendo o plantio num espaço adequado, aberto com uma cavadeira ou com as próprias mãos. Após o plantio deve ser feita a rega contínua com água, para que ocorra o enraizamento da planta. Em caso de plantio de várias mudas frutíferas para formação de um pomar, deve ser tomado cuidado com o espaçamento entre plantas. Geralmente, para as variedades mais cultivadas em nossa região, isso varia entre 4x6 metros entre plantas. Os agrônomos da cooperativa estão aptos a repassar as informações sobre a condução e a poda, adubação, correção de solo e as pulverizações para controle de pragas e doenças. E o detalhe principal, no momento do plantio o jacá deve ser retirado, sob risco de secamento da muda.