AUTO POSTO CAMP SUBSTITUI SEUS TANQUES DE ARMAZENAGEM

Cumprindo com a legislação ambiental vigente, e também visando manter o sistema de armazenagem de combustíveis em boas condições, para oferecer um produto de boa qualidade aos clientes, o Auto Posto Camp realizou durante este mês de agosto, todo o trabalho de substituição dos tanques subterrâneos de etanol, gasolina e óleo diesel. Esses tanques haviam sido instalados em meados de 2004 e 2005, chegando aos seus quinze anos de vida útil, o que exige substituição para evitar danos ambientais e também na qualidade dos combustíveis. O sistema de armazenamento de tanques subterrâneos – SASC -, é composto por um conjunto de tanques, tubulações, e acessórios, os quais são interligados e aterrados. Conforme resolução da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, os mesmos devem ser trocados a cada quinze anos, quando sua vida útil está vencendo. Agora, as novas unidades devem possuir parede dupla, dotados de espaços internos entre si, para que possa ser efetuado um monitoramento eletrônico para detectar possíveis vazamentos, o que pode prolongar sua vida útil para até 25 anos. As unidades removidas do Auto Posto Camp, eram de paredes simples, com capacidade para trinta mil litros cada um. As obras geraram inúmeros transtornos, haja vista que houve quebra de pisos de alta resistência, retirada de terra e desligamento de algumas bombas, aliado a isolamento de diversos pontos de acesso às mesmas, com interrupção de circulação. Os investimentos do próprio posto, foram da ordem de aproximadamente trezentos mil reais. Além desse trabalho operacional, houve necessidade de todo um processo ambiental, o qual, após autorizado pelos órgãos competentes, propiciou o início da empreitada, por empresa especializada, a SL Instalações, que atua nesse ramo específico. As etapas do serviço compreenderam a remoção dos três tanques existentes, além de tubos de enchimento, seguida da instalação de três novos tanques com suas respectivas linhas e respiros. A partir daí se iniciou a instalação das conjugações das dez linhas de sucção e retorno das bombas, desde os tanques, passando pelos filtros. Também foi feita a infraestrutura para monitoramento dos sensores dos filtros e bombas dos tanques, finalizando com a concretagem de pista sobre os mesmos, com instalação de canaletas padrão IAP na área de concreto, e recomposição da pavimentação em paver e concreto de pista afetada pela realização da obra. Para garantir um trabalho dentro dos padrões exigidos, houve acompanhamento do Instituto Ambiental do Paraná e de profissionais do setor devidamente habilitados, seguindo-se todos os procedimentos de segurança, locação de pontos de medição de gases e amostragem do solo, com objetivo de atender de pronto qualquer caso de possível contaminação. Materiais que haviam sido detectados com possíveis contaminações foram removidos para local adequado e destinados para aterro industrial licenciado. Assim, o Auto Posto CAMP mantém sua política de oferecer produtos de primeira qualidade ao consumidor, dentro dos padrões ambientalmente corretos, preservando seu lema de “tradição com qualidade total”.