Comentário: Dia Mundial do Fertilizante – Fertilizante que salva vidas

No dia 13 de outubro comemorasse o Dia Mundial do Fertilizante,  entenda como ele tirou milhões de pessoas da fome e hoje é parte da solução para as mudanças climáticas.

Desde a sua invenção, os fertilizantes vêm ajudando não apenas a cultivar mais alimentos, mas, principalmente, a salvar vidas. De acordo com o levantamento da AperionCare, os fertilizantes desde sua descoberta, em 1909, já salvaram bilhões de vidas - e figuram entre as principais inovações criadas pelo homem em toda a nossa história, ao lado de vacinas e grupos sanguíneos. Os fertilizantes minerais proporcionaram a expansão da agricultura tanto em produtividade como em novas áreas, contribuindo para tirar milhões de pessoas da pobreza e da fome.

Assim como o ser humano precisa dos nutrientes adequados para crescer saudável, o mesmo ocorre com a planta. O nitrogênio, por exemplo, ajuda no desenvolvimento vegetal, o fósforo no armazenamento e transferência de energia, enquanto o potássio atua no uso eficiente da água. O fertilizante mineral é o grânulo que reúne esses e outros nutrientes essenciais para a vida. Além de melhorar a qualidade do solo, também é capaz de otimizar o rendimento, aumentar a eficiência de uso da terra e mitigar as emissões de gases de efeito estufa. Seu uso aumenta, significativamente, a qualidade dos alimentos. E alimentos bem nutridos resultam em pessoas bem nutridas.

Em 2050, o mundo precisará de 70% mais alimentos do que temos hoje. A chave para alimentar o futuro é aumentar a produtividade agrícola, em harmonia com o meio ambiente. A reposta para esse desafio é uma só: eficiência, e ela abrange os fertilizantes, que já são responsáveis por alimentar quase 50% da produção mundial.

Para a Yara, líder mundial em nutrição de plantas, sem a adição de fertilizantes, o rendimento das safras e a produtividade agrícola seriam significativamente reduzidos, colocando em risco a segurança alimentar. "Para garantir altas produtividades e alimentos ricos em nutrientes, precisamos repor ao solo os nutrientes absorvidos e exportados junto à esses alimentos. O segredo é obter um equilíbrio correto, através do uso racional de fertilizantes, garantindo assim plantas bem nutridas que proporcionem alta produtividade e qualidade de um modo sustentável", afirma Guilherme Schmitz, gerente de Pesquisa & Desenvolvimento e Agronomia da Yara Brasil. Com conhecimento e experiência centenária na produção e aplicação de nutrientes para as plantas, a empresa defende que a agricultura sustentável é parte da solução para as mudanças climáticas, e os fertilizantes ocupam papel de destaque neste cenário.

Confira 10 motivos que reforçam a importância do uso do fertilizante no campo:

1. São vitais para a nutrição equilibrada das culturas;

2. Complementam os nutrientes do solo e suprem as deficiências das culturas;

3. Supre a necessidade das culturas, proporcionando maior rendimento e qualidade de colheita;

4. Proporciona alimentos mais ricos em nutrientes para a população;

5. Auxiliam os agricultores a se adaptarem às mudanças climáticas e a lidarem melhor com os problemas de escassez de água;

6. São essenciais para intensificar de forma sustentável a agricultura em terras aráveis;

7. Ajudam a prevenir a degradação e a desertificação do solo, melhorando a saúde como um todo;

8. São responsáveis por 50% da produção mundial de alimentos.

9. Os fertilizantes à base de nitrato são a opção mais eficiente e ambientalmente responsável, porque reduzem as emissões de gases;

10. Sem fertilizantes, a agricultura precisaria de mais 1,1 bilhão de hectares de terras

Fonte: Yara