Clima deve ficar dentro da normalidade no Outono e previsão indica volta das chuvas no sul

Dia 20, o Brasil mudou de estação e a meteorologia indica que Outuno terá um clima dentro da normalidade para todas as regiões do país. "Isso significa que não haverão anomalias muito drásticas que possam pegar alguém desprevenido, destaca Matheus Manente, da Oráculo Meteorologia.

De acordo com o especialista, na primeira quinzena de março aconteceu uma redução das chuvas do país, como em regiões como São Paulo, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, o tempo estável colaborou para que o produtor terminasse a colheita da soja - que sofreu atraso nestas regiões devido ao excesso de água.

Para a próxima quinzena, Matheus destaca que as chuvas voltarão a atingir estas regiões, fazendo com que o clima seja favorável para o plantio da segunda safra, sobretudo no Sudeste e Centro-Oeste do país. Já no Matopiba, a tendência é de que continue chovendo de maneira expressiva e sem trégua.

Já para o mês de abril, os modelos apontam que as chuvas passarão a ficar menos frequentes no Sudeste e Centro-Oeste, passando a ser mais frequentes no sul do país, podendo levar um alívio para o produtor do Rio Grande do Sul que sofre com os impactos da irregularidades das chuvas que atinge todo o estado e já consolida perdas expressivas na cultura da soja e do milho.

"Em Maio, começa a se firmar a estação seca do ano e os acumulados ficam baixíssimos em todo o Centro-Oeste, Sudeste e Matopiba, podendo atingir valores inferiores a 50 mm. As chuvas cessam na maior parte do país, mas podem continuar se formando na região Sul", destaca o meteorologista.

Próximos dias

O modelo Cosmo do Instituto Nacional de Meteorologia indica que nos próximos novos sistemas de chuvas se aproximam do sul país. De acordo com meteorologistas, a tendência é que o sistema passe de maneira rápida pela região, mas leve bons volumes para o Rio Grande do Sul.

Os mapas apontam acumulados entre 20 e 40 milímetros para todas as regiões do estado, sendo os menores volumes esperados para a região central. A partir do dia 19 a chuva avança e deve passar a chover de maneira mais expressiva em Santa Catarina e

Fonte: Notícias Agrícolas